Vulcão Rinjani em Lombok – Indonésia

O Rinjani é um vulcão ativo e o segundo mais alto da Indonésia. Seu pico atinge 3726 m e sua última erupção ocorreu em 2016. Está situado na província de Sonda, mais precisamente na ilha de Lombok, e faz parte do Anel de Fogo do Pacífico.

O Rinjani é conhecido pela sua erupção recente, por sua altitude, pelo lago existente no cume e pelo cone crescente chamado Barujari (outro vulcão) dentro da sua cratera.

Para conhecer essa opulência natural, o ideal é chegar na região pelos aeroportos de Lombok (LOP) ou Bali (DPS). Para os que chegam em Bali, o melhor é ir de speed boat do porto de Padang Bay em Bali para o porto de Bangsal em Lombok.
Veja no mapa abaixo as ilhas da Indonésia da esquerda para a direita: leste da ilha de Java, Bali, Lombok e oeste da ilha de Sumbawa.

Ilhas da Indonésia
O Parque Nacional do Rinjani está no quadrado verde. No retângulo azul estão as ilhas Gilis T, Meno e Air. No destaque vermelho estão os aeroportos de DPS e LOP.

O trekking para subir o Rinjani é normalmente feito em pacotes de 2 dias e 1 noite (2D/1N) ou três dias e duas noites (3D/2N), apesar de haver também passeios mais longos.
As duas vilas na base do vulcão de onde partem e terminam as trilhas são chamadas Senaru e Sembalun. Os roteiros são feitos basicamente para apreciar dois mirantes: o do topo do Rinjani e o da borda da cratera (crater rim).

Para quem tem pouco tempo disponível, recomendo o tour da crater rim de 2D/1N, que não vai ao pico, mas aprecia a melhor vista (minha opinião). Para os que tem apetite para trilha e tempo disponível, recomendo 3D/2N para visitar os dois pontos e aproveitar o máximo do parque.

Entrada do parque por Senaru. Pintu significa porta em Indonésio.

Fiz o roteiro da borda da cratera e fiquei bastante satisfeito. Após dormir em Senaru, acordei às 6:30 am para tomar café da manhã na homestay da agência de turismo e o grupo foi levado até o início da trilha.

O grupo sobe com um guia e vários carregadores de tenda e mantimentos. É prevista uma pausa de descanso entre o início da trilha e o almoço, mas ela não é obrigatória. A parte do grupo que quer seguir continua e espera o todo no ponto de almoço.
A equipe da agência de turismo prepara o almoço, tudo muito simples, afinal é trilha e o importante é se alimentar. Em geral espere os locais ou nasi goreng ou mie goreng (que são os pratos locais mais comuns, arroz ou macarrão frito com legumes).

Parte inicial da trilha com vegetação tropical densa e verde.

A altitude do início é de 650 m. Começamos tarde devido ao atraso do grupo, mas isso não atrapalhou nossa subida. Tomei cerca de 5 h para subir até 2650 m de altitude, mas isso porque o grupo tinha uma parada prevista para almoço.

Alteração na vegetação devido à altitude.

O tempo líquido (descontando as paradas) foi de quase 4 h de trilha para a distância de 10 km de trilha e ganho de elevação de 2000 m.

Percebam o caminho da trilha em si neste mapinha que o Strava disponibiliza. Checando o treino nele, você pode ver a vista de satélite, usar o zoom e ver a escala. Checar treino no Strava!

Mapa da trilha: 10 km de distância e 2.000 m de ganho de elevação.

É chegando na borda da cratera que se descobre o ponto mais famoso do parque. Após todo o esforço vem a recompensa de ter conseguido somada à contemplação abaixo.

A gigante cratera externa que possui o lago é a do Rinjani, mas perceba também que outro vulcão dentro dela! É o vulcão Barujari. Foto a 2650 m de altitude.

A diferença para o roteiro de 3D/2N é que no segundo dia se desce até o lago e se faz a trilha até o outro acampamento para subir a topo do Rinjani. O topo está escondido na foto atrás das nuvens ao lado esquerdo.

Após a montagem do acampamento, é hora de descansar trocando as roupas suadas por roupas secas, e apreciar o por do sol enquanto a equipe da agência faz o jantar. Aqui relembro mais uma vez que está longe de ser banquete, é simples demais, pois o importante é se esquentar e ingerir calorias! A janta foi mie goreng (praticamente miojo com caldo), com verduras cozidas e chá quente.

Por do sol no acampamento da cratera. Em dias sem nuvens as Gili islands são vistas deste ponto.

A noite na borda da cratera é bastante fria, e apesar de não ter termômetro comigo, o consenso dos guias do grupo era de que a temperatura estava por volta de 5-8 graus Celcius.

Ao acordar é possível ver as Gili Islands, pois as nuvens estão baixas. O café da manhã é preparado e os grupos que fazem os tours diferentes se separam.  Os de três dias e duas noites 3D/2N  seguem o roteiro de descer até o lago, e os de dois dias e uma noite iniciam a descida para Senaru.

Descida da trilha no 2o dia.

A descida nos tomou umas 2,5-3 h líquidas (sem contar paradas). Geralmente as descidas são mais rápidas que as subidas, mas eu as considero mais perigosas. Isto porque o esforço que os joelhos e tornozelos fazem é bem maior na necessidade de se equilibrar para não escorregar e ir ladeira abaixo. A dificuldade da subida normalmente é só a capacidade respiratória, energética e psicológica, mas não apresenta o risco de contusão que a descida implica.

Chegamos em Senaru por volta de meio dia e terminamos o passeio trilha satisfeitos de ter escolhido somente o de 2D/1N, pois o tempo da viagem estava curto. Ah, uma pessoa do grupo que ia fazer o passeio de 3D/2N desistiu e voltou conosco! Depois de passar frio de noite e estar cansado demais do 1o dia, desistiu de fazer mais um dia extra, hahaha… E aí, estão preparados!?

Ps.: minha especialidade está longe de ser a de tirar fotos, e muito menos de colocar filtros para deixá-las bonitas… beleza?! É o que tenho por hoje!

MDelsewhere

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s