Estudo de Caso Real: Como Comparar Fundos

Fala pessoal, tudo beleza?!

Comecei o dia avaliando onde aplicar e fiquei impressionado com uma nova ferramenta disponível na internet. Ela pode ser utilizada para qualquer Fundo de Investimento.

1. Introdução

Objetivo do texto: apresentar uma ferramenta bastante interessante que conheci usando um estudo de caso real.

Estudo de Caso: Escolher um Fundo de Investimento.

Premissas:

  • O Fundo servirá como capital de giro (ou colchão de liquidez), logo preciso de liquidez D+0 ou D+1.
  • Deve estar na minha conta principal no Santander, pois utilizo esta conta para capital de giro.
2. Levantamento de fundos candidatos

Fui na minha área pessoal no Internet Banking site e escolhi os Fundos DI oferecidos pelo banco.

  • Santander Max FIC Renda Fixa Referenciado DI (09.300.201/0001-89)
  • Santander Select FIC Renda Fixa Referenciado DI (02.910.278/0001-21)
  • Santander PB VIP FIC Renda Fixa Referenciado DI (22.918.180/0001-28)

O número ao lado do nome do fundo é o seu CNPJ. Um fundo de Investimento é identificado unicamente por seu CNPJ.

3. Ferramenta de análise

Descobri nesta semana o Buscador de Fundos. É uma ferramenta excelente para fazer comparações de forma rápida e eficiente. Salve a página nos seus favoritos, e eu vou deixa-la como favorita também no rodapé das páginas do Elsewhere.

É uma ferramenta fornecida em parceria pela Empiricus e Quantum (um dos melhores sistemas de análise de fundos).

Captura de Tela 2018-01-19 às 09.03.35

Adianto que não recebo nada em troca por esta postagem, apenas compartilho algo muito legal para analisar os investimentos.

4. Análise

Após colocar o meu email para a utilização do Buscador de Fundos, inseri os Fundos de Investimentos que gostaria de analisar e obtive a imagem abaixo.

Captura de Tela 2018-01-19 às 09.03.58.jpg
Características gerais dos fundos.

Veja que o Buscador compara até três fundos e mostra as principais características de maneira organizada. Digo inclusive que essa comparação é melhor do que a disponível nos bancos que conheço: Santander, Banco do Brasil e Bradesco.

Ao analisar um fundo de Renda Fixa que pretende ser capital de giro ou colchão de liquidez, os fatores mais importantes para mim são:

  • Liquidez diária em D+0 ou D+1.
  • Não possuir crédito privado, ou possuir muito pouco.
  • Taxa de Administração baixa, no máximo 0,7%.

Todos os fundos escolhidos são de Renda Fixa, tem liquidez em D+0, mas diferem em Taxa de Administração (variando entre 0,5% a 1,5%), e Aplicação Inicial (30 mil a 1 milhão de reais).

No quesito taxa de administração, o melhor fundo é o Santander PB VIP (mas possui aplicação inicial altíssima). No quesito aporte inicial, o melhor é o fundo Santander Max.

Em seguida, pode-se avaliar graficamente o resultado dos fundos com o CDI.

O fundo Santander Select é recente, e por isso o histórico gráfico dos fundos está somente com dois anos.

Captura de Tela 2018-01-19 às 09.04.22.jpg
Retorno acumulado em gráfico.

Notamos que tanto o fundo Santander Select quanto o Santander PB VIP estão bem próximos ao CDI, ou seja, apesar do aporte inicial do segundo ser dez vezes (10x) maior que o do primeiro, essa diferença não está refletida na rentabilidade de dois anos.

O fundo Santander Max está mais abaixo do índice. É importante se perguntar o motivo do descolamento… vamos inferir no final desta análise!

Patrimônio Líquido.
Captura de Tela 2018-01-19 às 09.04.35.jpg
Comparação do Patrimônio Líquido dos fundos analisados.

Percebemos a diferença do tamanho deles. O fundo Santander Select é o maior dos três e teve uma grande captação de julho a novembro de 2016, saltando de 1 para 9 bilhões de reais. Eu não sei explicar, mas talvez tenha sido alguma campanha massiva do banco com redução do aporte inicial, por exemplo.

Acredito que este fundo tem PL bem maior por estar com aporte inicial melhor ajustado para capturar recusos de seus clientes-alvo.

Captura de Tela 2018-01-19 às 09.07.19Captura de Tela 2018-01-19 às 09.07.41

Aqui há uma diferença muito importante. Notem que os fundos de maior retorno acumulado (Santander Select e Santander PB VIP) tem títulos privados na carteira. Isso explica em parte o maior retorno.

É importante ressaltar que apesar de sabermos as dez maiores posições desses dois fundos, ainda há 30% em cada que não conseguimos avaliar. Lá provavelemente há mais títulos privados para aumentar a rentabilidade e o risco de crédito (calote).

Títulos privados como os destacados em laranja são mais arriscado que um título público federal, como as LFTs, LTNs ou NTN-Bs. O fundo Santander Max tem a carteira somente com títulos públicos, o que o classifica como o mais seguro!

Captura de Tela 2018-01-19 às 09.04.48.jpg
Tabelas de retorno dos fundos comparados.
5. Conclusão do Elsewhere

A ferramenta Buscador de Fundos é excelente. É possível comparar fundos de Renda Fixa de diferentes bancos, além de fundos Multimercados, Ações, Cambial, etc.

A grande tacada é que a ferramenta é extremamente simples, e as imagens comparativas são muito boas. São melhores que o dos próprios bancos, que parecem dificultar propositalmente o acesso à informação.

Não recebo nenhum benefício por comentar da ferramenta e nem do banco Santander, a motivação do texto é divulgar conhecimento.

Agora comentemos sobre os fundos.

Santander Max: É o fundo com a melhor carteira, pois não possui títulos privados. É o fundo com menor aporte inicial necessário, 30 mil reais. Entretanto, sua taxa de administração de 1,5% o torna muito caro, impactando sua rentabilidade abaixo do CDI.

Santander Select: É um fundo que mescla títulos públicos com de crédito privado. Seu aporte inicial é de 100 mil reais, o que pode dificultar sua adesão, mas vou dar uma dica logo mais. Este fundo tem um retorno bem próximo ao CDI, mas o que já era esperado, pois se o fundo tem crédito privado, e há um gestor ativo, o fundo tem que ficar próximo mesmo.

Santander PB VIP: É um fundo que mescla títulos públicos com de crédito privado. Seu aporte inicial é altíssimo, realmente para quem tem muita grana. Sua característica aparenta ser extremamente similar ao fundo Santander Select, a menos dos 30% da carteira que não pudemos analisar. Para quem tem o ticket de entrada, parece ser o fundo com melhor rentabilidade no longo prazo, dado que sua taxa de administração é a menor dos três.

Dica do Elsewhere: Os bancos colocam aportes iniciais muito altos para seus fundos de Renda Fixa, pois é interessante a eles que os clientes fiquem em fundos com taxas de administração mais altas. Entretanto, o saldo mínimo para se manter no fundo costuma ser muito mais baixo. O pulo do gato é disponibilizar o aporte inicial, entrar no fundo e no mesmo dia efetuar um resgate, deixando somente o saldo mínimo! A partir daí, quando você já está no bonde (ou dentro do fundo), você pode investir somente o aporte mínimo, que é muito menor. Faça o teste com seu fundo!

Escolha do Elsewhere: Apesar de gostar mais da carteira do Santander Max, sua taxa de administração é proibitiva. Apesar de gostar mais da taxa de administração e rentabilidade do Santander PB VIP, não possuo o altíssimo ticket de entrada de um milhão de reais. Escolhi então o fundo Santander Select, pois é o que melhor se encaixa neste caso.
Consegui separar os 100 mil reais de aporte inicial, coloquei no fundo e retirei no mesmo dia até o aporte mínimo de 15 mil reais! Desta forma, só preciso manter o saldo mínimo e posso fazer aportes pequenos de 500 reais quando precisar.

Deixo claro também que há outros Fundos DI que considero bem melhores que esses três, pois tem carteira somente com títulos públicos e tem taxa de administração de 0,2%. Entretanto, tinha a premissa de ter que escolher no Santander para este caso.

É isso galera, usem o Buscador de Fundos para melhorar seus investimentos, há outros disponíveis na internet também, mas achei este muito intuitivo e interessante.

Eu poderia ter feito uma comparação mais complexa com outros fundos, mas fiquei empolgado com um caso real, e por isso fiz assim.

Se você achou esse texto interessante, que tal seguir o Elsewhere cadastrando seu email?
Convido você a navegar pelo site, mandar emails, enviar comentários, etc… É desta maneira que me motivo a escrever.

Tem curiosidade em saber Qual seu estilo de vida Financeiro? Descubra no site clicando aqui!

Um abraço!

MDElsewhere

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s