Resultado do Portfólio MD (Mai/18): -6,97%

Passado o furacão de Maio, o portfólio MD desvalorizou 6,97%, voltando aproximadamente para o resultado do início do ano.

A caminhada não é fácil e já sabíamos disso.

Na saúde e na doença, na tristeza e na felicidade, nos bons meses e nos ruins também, o MD continua aqui firme e forte na maratona da IF.

1. Resultado

A carteira do MD Elsewhere fechou maio em terreno negativo: -6,97%.
O resultado acumulado em 2018 está em: +0,44%.
O média de dividendos recebidos se alterou em: +6,05%.

Ninguém esperava o aumento de aversão ao risco visto em maio, e ainda fomos sujeitos à paralisação dos idiotas caminhoneiros que desabasteceram o Brasil, reduzindo ainda mais a confiança dos consumidores, investidores, trabalhadores e brasileiros, pois mal saímos da pior recessão histórica.

Resultado do Portfolio MD em 2018.

Eu já havia dito que meses turbulentos viriam e maio com certeza foi forte.
Entretanto, variações assim são comuns em mercados emergentes.

Se você acredita que estaremos muito melhor após as eleições, os valores atuais são um convite para a compra de ativos.

“Mas MD, pode cair ainda mais?”
– Pode.

“E pode cair até quanto?”
– Não sei, mas se o Ibovespa cair até 70 mil pontos eu não ficarei assustado. E digo mais, se o Ibov cair a 70 mil pontos, veremos uma multidão de desesperados.

Investir em ações é assim mesmo. É possível ganhar muito porque os vendedores tem medo. Muitos investidores com pânico acabam vendendo ao mesmo tempo, e com isso o preço dos ativos cai bastante.

Sinceramente, acredito que precisamos estar preparados para ver quedas de até 50% durante nossas vidas. Qualquer um que começa a estudar o desempenho dos índices de ações em um prazo longo observa que de década em década há quedas dessa magnitude.

Já passei por momentos muito mais difíceis. Quando a correção é rápida e aguda é bem melhor do que lenta e torturante.
Um mês ruim não é nada, difícil mesmo é quando se tem uma sequência de 4 a 6 meses de turbulência negativa.

Já tive os seguintes resultados mensais piores: jun/13 (-8,4%) e set/14 (-8,0%).

O que é preciso fazer é ter uma estratégia consistente e segui-la por anos, idealmente falando, decadas mesmo.

2. Notas Pessoais

2.1 Livro

Li neste mês o livro Global Asset Allocation do Meb Faber.

Ele (ainda) pode ser baixado grátis se inscrevendo nesta página aqui: http://freebook.mebfaber.com/

O livro faz comparações boas entre portfólios vitoriosos e estratégias de investimentos globais.

O livro é simples de ler, pois ele explica mais com gráficos do que com palavras. Terminei em 3 dias. Ele deve me influenciar na estratégia de investimento global que estou pensando.

2.2 Diminuição do tamanho da seção de Renda Fixa na Carteira

Eu escrevi no texto de fechamento do mês anterior que estava diminuindo a RF do portfólio.

Um exemplo para o motivo está escrito no item 2.1 do texto anterior: https://mdelsewhere.com/2018/05/01/resultado-do-portfolio-md-abr-18-118/.

Com as quedas do mês eu pude comprar mais ações seguindo minha estratégia de compras em queda, os drawdowns.

Por conta dessa movimentação a seção de ações não diminuiu, mantive por volta dos 50%.

2.3 Realocação de ativos em busca de maior Dividend Yield para o portfólio MD Elsewhere

Vendi quase toda minha posição em Tesouro IPCA+ 2035.

Quando vendi esses títulos a aversão a risco ainda não havia disparado, e acho que hoje os títulos voltaram a ser atrativos para compra. Pensando em investimento em nível mundial, poder investir em títulos soberanos que garantem rendimento real de 5,5% é excelente.

2.4 Aumento de renda do Portfólio por Venda Coberta de Opção

Logo no mês que decido voltar a vender put, os mercados derretem, que azar.

Fui exercido e comprei o equivalente a 500 BBAS3 a 35,65 e 300 BBAS3 a 34,58. Quando vendi as puts, a ação era negociada a 38,00 aproximadamente, e hoje estão negociadas a 30,00!

Acho que BB está num preço bom para comprar.

Em um próximo mês eu atualizo o gráfico com o resultado da estratégia.

Estou girando alguns ativos da XP para a Clear, pois a corretagem da segunda é muito mais barata. Estou em busca de menores taxas para minhas operações.

2.5 Análise da queda do Ibovespa
Captura de Tela 2018-06-01 às 21.39.25
Índice Ibovespa em dólares.

O Ibov atingiu uma variação em dólares de -25% em apenas 91 dias, é uma queda forte.

Para quem pensa globalmente: se eu compro em reais esse índice com 25% de queda e as condições se normalizam voltando para o estado anterior, é uma oportunidade de aumentar em 33,3% (1/0,75 = 1,33) o valor em dólares!

3. Alocação de Recursos do Portfólio MD

3.1 Alocação geral no fechamento de Mai/18

Desde Dez/17 uma das minhas principais metas é aumentar a posição de Caixa BRL para aproveitar alguma queda no preço das ações. Em dezembro a posição estava em 4,3%, agora já estou com 7,5%. Cheguei na meta de ter entre 7-10%.

3.2 Alocação geral ao longo do tempo

Em maio eu realoquei posições em RF para ações. Elas continuam representando 50% da carteira de investientos.

Os dois gráficos a seguir representam a mesma informação: o quanto cada classe de ativo representa no portfólio total de investimentos. Clique nas imagens para melhor visualização, ou vá à página de Alocação de Recursos para testar o gráfico interativo.

Cinza: Fundo de Previdência / Verde: RF / Amarelo: Ações / Azul: FII / Vermelho: Seguros / Rosa: Criptomoedas
Cinza: Fundo de Previdência / Verde: RF / Amarelo: Ações / Azul: FII / Vermelho: Seguros / Rosa: Criptomoedas

Se nenhum evento preponderante ocorrer, essa alocação deve continuar por aí:
– Ações: 45% a 55%
– RF: 15% a 25%
– FIIs: 12% a 18%
– USD + Ouro + Cripto: 3% a 7%
– Prev: 10% a 15%

3.3 Alocação da seção de Ações

Se quiser ver a alocação atual (tempo real), vá à página: Portfólio Ações.

Performance da carteira MD Elsewhere Ações em mai/18: -10,9%. Ibovespa: -10,87%.

No mês eu comprei mais BBAS3 (exercido em opções) e ITSA4. Zerei minhas posições (pequenas) em GRND3 e CZLT33 para aumentar meu caixa.

3.4 Alocação da seção de FIIs

Captura de Tela 2018-06-03 às 16.21.08.jpg

Dividend Yield (DY) realizado em mai/18 = 5,3% aa.

Comprei HGLG11 como avisei no post do mês passado.

Se quiser ver a alocação atual (tempo real), vá à página: Portfólio FIIs.

3.5 Alocação da seção de Criptomoedas
Captura de Tela 2018-06-03 às 20.21.49.jpg

Performance da carteira MD Elsewhere Criptomoedas em mai/18: -11,5%.

Aqui é montanha russa. Eu não faço nada, já comprei essas moedas e verei no que vai dar.

Como o mercado de Criptomoedas não fecha e minha planilha de acompanhamento é em realtime, a imagem abaixo até saiu com a rentabilidade das primeiras horas de maio.

A alocação tem se mantido aproximadamente constante: BTC a 55-65%, ETH a 15-20%, BCC, XRP e LTC a 2-6%, e o resto de criptomoedas todas entre 0-2%.

Não pretendo fazer mais nenhum aporte em Criptomoedas.

4. Proventos Recebidos

Captura de Tela 2018-06-03 às 16.21.57
Proventos recebidos mensalmente de investimentos.

Este maio de 2018 foi mais um mês porrada em dividendos, entrou no Top 5 dos melhores meses.

Este foi o 9o mês de incremento consecutivos de dividendos!

Como já disse antes, acredito que eles aumentarão até dezembro pelo menos. Não sei se chegarei a 50% da meta ainda neste ano, mas tenho esperança!

O linha de média móvel tem memória de 12 meses, então ela demora muito para se movimentar para cima ou para baixo. Vamos a um exemplo prático.

Suponhamos que eu faça um aporte de 16 mil reais num FII de DY a 8% aa. Então o rendimento mensal será de 100 reais (15000*0,08/12). Os 100 reais já irão aparecer no gráfico de barras a cada mês. Entretanto, pela dinâmica da média móvel, a contribuição deste FII vai incrementar a linha da média a cada novo mês em 8,33 reais (100/12) por mês até 12 meses! Ou seja, é somente um ano depois que esse incremento de 100 reais estará refletido na linha de média móvel verde.

Se quiser ver o gráfico de proventos agora, cheque a atualização na página: Liberdade Financeira.

5. Fechamento

Terminamos mais um mês na maratona da IF.

Aos trancos e barrancos vamos em frente na saga de investir.

A queda recente abriu bastante oportunidade e deve ser aproveitada, mas sempre com moderação.

O importa mesmo nos próximos anos é quem será o novo governo brasileiro.

Aumentei meu caixa e dividendos recebidos no mês.

Fui exercido nas puts que vendi, adicionei as ações de BBAS3 na carteira long only.

Minha próxima compra grande em ações será quando/se o Ibovespa cair a -20% do topo histórico (aproximadamente 70 mil pontos).

Desde o último mês, passei pelo Marrocos e Portugal. Estou em Valência na Espanha e vou depois para a Finlândia e Copa na Russia.

Um abraço a todos e continuemos em frente!

MD Elsewhere in Spain

flagge-spanien

Next destination: Finland

finland

Anúncios

2 comentários sobre “Resultado do Portfólio MD (Mai/18): -6,97%

  1. MDE, minhas considerações:
    1 – Ibov vai abaixo de 70k;
    2 – Voltar a normalidade está voltando agora nos 70k, ibov acima de 90k não é a normalidade;
    3 – Acho BBAS3 cara no momento, não se esqueça que é uma estatal, só compraria ela abaixo de 20;
    4 – não venderia Grendene mesmo que fosse posição pequena, baita empresa.

    A rentabilidade mensal foi em linha com a galera né? Como você viu, minha carteira só se sustentou um pouco por conta dos investimentos no exterior!

    Boa viagem ai meu caro, vá nos contando a aventura.

    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Fala BPM!

      Obrigado pelos comentários!

      Quando o Ibov for abaixo dos 70K, estarei com um pouco de caixa para fazer mais compras.
      É fundamental ter sempre caixa para não ficar de mãos atadas (e triste) nos períodos de baixa.
      E se cair para 60K, ainda terei caixa.

      BBAS pode estar cara sim… mas no momento tenho conforto em segura-las e receber seus proventos, apesar de ser estatal e levar todo o “brinde” que vem com isso.

      Eu também gosto de GRND e já a tinha por muito tempo, foi uma saída tática para obter a isenção de 20K de IR no mês, posso voltar no futuro.

      Geral sangrou mesmo, afinal quase tudo derreteu.
      Vou remodelar minha estratégia de investimento no exterior. Estou com várias ações e um ETF, mas pretendo mudar quase tudo para ETF e ir via IWDA, SPY e/ou mais alguns.
      Vou seguir algo próximo da estratégia seriada que você já publicou para o EPR e que o Frugal Simples fez sobre o IWDA

      Um abraço!

      Links para os textos referidos:
      Frugal Simples e IWDA: https://frugalsimples.blogspot.com/2018/04/estudo-de-caso-de-buy-and-hold-com.html
      BPM e EPR: https://www.bpmilhao.com/2018/05/estudo-de-caso-de-investimentos-no.html

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s