Resultado MD Elsewhere (Nov/18): +3,8%. Em 2018: +16,5%.

Estrada livre!

Full Speed, e lá vamos nós!

A pista está livre e a velocidade alta, vamos rápido e sabendo que existem curvas no caminho.

O cenário nacional parece ótimo, seguimos no Bull Market local e em espera do rali de fim de ano: Vruuuummmmmm!

1. Resultado

A Portfólio MDE fechou novembro com rentabilidade: +3,8%.
O acumulado de rentabilidade em 2018 está em: +16,5% = +278% do CDI.
O Aporte mensal foi equivalente a +0,30% do valor patrimonial.
Os proventos recebidos aumentaram em: +2,1% (14o mês aumento consecutivo).

Rentabilidade do Portfólio MDE em 2018.

2. Notas Pessoais

2.1 Leitura

Li o padrão mensal: cartas das Assets Verde, Adam, SPX, e relatórios da Empiricus.

Concluí a leitura de Fooled by Randomness de Nassim N. Taleb. Alguém aí sugere um próximo?

2.2 Aporte

Aportei 43% de todo o salário líquido que caiu na minha conta corrente.
Esse valor corresponde a +0,30% da minha carteira de investimentos.

2.3 Isenção de Imposto de Renda em ações

Reduzi minha posição em LAME4, fui isento de IR por alienação menor que 20K BRL.
Quem me acompanha aqui sabe que tenho vendido consistentemente ações para manter meu percentual limite de 50% da carteira em ações. O valor foi deixado em caixa.

2.4 Utilização de aporte e caixa

Aportei no Fundo de Investimento Gripen Advisory, é um fundo espelho do SPX Nimitz, um dos fundos mais relevantes brasileiros.

Esse investimento me deixou com o caixa muito baixo em 4%, por isso tudo que eu fizer agora será na tentativa de aumentar meu caixa para o patamar de 7-10%.

Somente com caixa disponível é que se consegue comprar barganhas.

3. Alocação de Recursos do Portfólio MD

O percentual de alocação que desejo é:

Ações: 45-55%.
RF: 15-25%.
FIIs: 12-18%.
USD + Ouro + Cripto: 5-12%.
Multimercado: 10-20%.

3.1 Alocação geral no fechamento de Nov/18

A posição em ações continua a ser a mais dominante no portfólio, é a principal responsável pelo desempenho da carteira MDE nos últimos 3 anos!

Preciso aumentar minha posição em caixa para aproveitar a volatilidade que o exterior pode proporcionar no ano que vem.
Essa minha posição em Caixa já foi 9% neste ano, em seguida desceu a 4% e agora está em 5%.

3.2 Alocação geral ao longo do tempo

Este gráfico mostra a minha escolha entre ações, títulos de crédito, FIIs, FIMs e Criptomoedas ao longo do tempo.

Clique nas imagens para melhor visualização, ou vá à página de Alocação de Recursos para testar o gráfico interativo.

Mantenho alocação alta em ações porque acredito que estão bem atrativas.

3.3 Alocação da seção de Ações

Se quiser ver a alocação atual (tempo real), vá à página: Portfólio Ações.

O Ibovespa fechou o mês com +2,4%, MDE Ações fechou com +6,4%.
Reduzi minha posição em LAME4 para rebalancear a alocação macro.

A rentabilidade do MDE ações neste mês foi brutal. Minhas 7 maiores posições (63% da carteira) tiveram as seguintes variações:

ITSA4: +10%.
IRBR3: + 3%.
BBAS3: +4%.
RAIL3: +13%.
SAPR4: +8%.
CVCB: +10%.
CMIG: +15%.

É importante notar que apesar das variações terem sido expressivas, a contribuição no portfólio só fica relevante se você tiver de fato uma quantidade representativa. Ou seja, não adianta em nada conseguir uma valorização de 100% se você não tiver um volume que faça impacto no patrimônio.

3.4 Alocação da seção de FIIs

Não fiz alterações em FIIs.

DY do Portfólio MDE FII no mês: 6,6%.

Se quiser ver a alocação atual (tempo real), vá à página: Portfólio FIIs.

3.5 Alocação da seção Global

Continuo montando o Portfólio MDE Global com alvo até dezembro/2018. Confira minha idéia aqui: Portfólio MD Elsewhere Global.

Se você ainda não tem recursos no exterior, eu escrevi o seguinte texto explicando motivos: Você precisa ter uma conta no Exterior.

No mês de novembro, comprei ações da Apple a -20% do pico histórico.
Deixei ordens na pedra para: IWDA e CSSPX.

Deixei em novembro ordens na pedra para IWDA (ETF que segue o índice MSCI World) e CSPX (ETF que segue o índice S&P 500) a -15% e -20% do pico histórico. Se um bear market vier, compro mais.

3.6 Alocação da seção de Criptomoedas

Não fiz movimentações com Criptomoedas.

O percentual de BTC está em aprox 80% da alocação, e o resto está pulverizado.

4. Proventos Recebidos

Este foi o 14o mês de incremento consecutivos da média de proventos. Aumento de +2,1%.

Se quiser ver o gráfico de proventos agora, confira a atualização na página: Liberdade Financeira.

5. Fechamento

Novembro foi ótimo e a melhora continua.

Estou otimista e acho que os ativos ainda vão andar bastante. O cenário doméstico caminha para um país mais liberal, com mais concorrência e oportunidades.

Sem muita enrolação, o caminho pra IF continua, quero receber mais proventos e continuo aportando com esforço para aumentar o patrimônio.

Se você já tem sua posição em ações montada, relaxe e surfe a onda de alta. Faça Caixa e vamos comprar no próximo pânico!

O 2o tempo continua… Vamos nessa… e adiante!!

MD Elsewhere in Brazil

 

 

 

Next Destination: ?

Anúncios

4 comentários sobre “Resultado MD Elsewhere (Nov/18): +3,8%. Em 2018: +16,5%.

    1. É isso aí, Beto! Sobre as criminosas, penso que é uma aposta. Posso perder 100%, mas lucrar 100, 200, 500 ou até 1000%?! Chão existe, mas teto não!
      O risco do investimento a gente limita pelo tamanho da exposição! No meu caso, 1% em cripromoedas não vai me quebrar e nem doer no cenário negativo… Mas o positivo não tem topo!
      Obrigado pelo comentário, um abraço e vamos em frente!
      MDE

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s