Resultado MD Elsewhere (Abr/19): +1,7%. Em 2019: +9,0%.

Chegamos a mais um fim de mês e precisamos gerenciar nossos investimentos… Fecha Abril, abre Maio!

1. Ano de Investimento #14 / 2019 / Idade 33-34 / Abril

Rentabilidade do Portfólio MDE em 2019.

 

2. Notas Pessoais

2.1 KPI – Key Performance Indicators (Indicadores Principais de Desempenho).

Esses são meus índices criados para avaliar minha performance, eles servem de meta e guia.

  • Rentabilidade da carteira no mês e no ano: 1,7% e 9,0%.
  • Crescimento do Patrimônio Líquido no ano: +12,0%.
  • Aporte mensal em relação ao Patrimônio Líquido do ano anterior: 0,4%.
  • Aporte mensal em relação à Renda Líquida do mês: 51% / meta 65%. NÃO!
    • Essa meta é bem agressiva e difícil, mas vou manter para continuar o esforço.
  • Proventos mensais recebidos em relação à meta de Independência Financeira: 63%.
  • Manter caixa na carteira entre 7-10%. Realizado: 9,4,%, OK!
  • Leitura das 3 cartas das Assets SPX, Verde e Adam. Realizado 3, OK!
  • Leitura ou escuta (audiobook) de 12 livros em 2019. Realizado: 2/12, Estou abaixo da meta!
    • Estou lendo The Tipping Point de Malcolm Gladwell. Pretendo terminar em maio.
  • Correr 8x no mês, 1 h/semana a partir de março. Realizado: 5x, NÃO!
    • Comecei o mês bem, corri 5x nos primeiros 10 dias, mas foi só… Parece que essa tem sido a meta mais difícil de cumprir.

2.2 Movimentação de ativos

Em Abril os preços das ações continuaram baratos, pois os preços não subiram e os lucros das empresas aumentaram.
É muito interessante entender que a maioria das pessoas só olha o preço que se paga, mas não sabe o que recebe.

Vejam, se uma empresa é precificada a 10 reais e entrega 1 real de lucro por ano, é natural que ela aumente de preço se começar a entregar 2 reais por ano.

É simples como imaginar a venda de pão em uma padaria. Se o movimento de clientes e as vendas dobrarem de um ano pro outro, o preço do negócio inteiro da padaria tem que aumentar.

Continuo reduzindo minha alocação em FIAs porque quero mais dividendos na conta. Os FIAs que já representaram até 10% da minha carteira de ações agora estão em 4%. Vendi um dos que tinha e comprei BPAC11 com o valor.

2.3 Utilização de aporte e caixa

Comprei finalmente BPAC11 com os recursos provenientes da venda de um FIA. Vi a ação dobrar de valor na minha cara, de menos de 20 reais para os atuais 40 reais. Comprei assim mesmo, veremos se foi bom lá na frente.

Meu caixa chegou a incríveis 9,4%, é para comemorar. É muito difícil se segurar com dinheiro rendendo “quase nada” na Selic, mas é necessário.

Só é possível ter rentabilidade explosiva comprando muito bem, e nunca sabemos quando essa oportunidade surgirá. Uma coisa é clara no entanto, você só poderá aproveitar se tiver caixa.

Comprei também um valor bem pequeno de VULC3 e GBIO33.

3. Alocação de Recursos do Portfólio MD

Venho mantendo o percentual que desejo de forma consistente!

Ações: 45-55%.
RF: 15-25%.
FIIs: 12-18%.
Investimentos no Exterior USD: 5-12%.
Multimercado: 10-20%.

3.1 Alocação geral ao longo do tempo

Continuo com alocação alta em ações, é o ativo que gera mais valor em prazos mais dilatados.

Estou muito satisfeito com o peso de cada classe de ativos na minha carteira, acho que está bem balanceado. Quando as ações subiram muito eu vendi um pouco para manter os 45%, e nesses últimos meses que as ações caíram eu comprei para manter os 45%. Sorte ou não, funcionou bem.

3.2 Alocação da seção de Ações

Se quiser ver a alocação atual (tempo real), vá à página: Portfólio Ações. Clique para expandir a imagem.

MDE Ações.

Apliquei novas cores no meu gráfico de ações :).
Não é para levar ao pé da letra essa separação, é para ter uma visão geral… Algumas empresas poderiam estar com outras cores sem perder o objetivo do gráfico.

Roxo: commodities.
Laranja escuro: bancos privados.
Laranja médio: bancos públicos.
Laranja claro: seguros e outros financeiros.
Verde: consumo exposto ao setor de saúde.
Marrons tons: consumo cíclico.
Azul escuro: utilidade pública, utilities.
Azul médio: educacionais.
Azul claro: tecnologia.
Verde: agricultura.
Vinho: infraestrutura.
Ciano: construção civil e mercado imobiliário.
Preto: diversificado via FIAs.

3.3 Alocação da seção de FIIs

Se quiser ver a alocação atual (tempo real), vá à página: Portfólio FIIs. Clique para expandir a imagem.

Não movimentei a carteira de FIIs no mês. O Dividend Yield da carteira foi 6,6% em Abril.

3.4 Alocação da seção Global

Sem novidades.

Continuo sonhando com o fortalecimento do Real para poder pagar menos no Dólar e poder viajar/comprar mais no exterior.

3.5 Alocação da seção de Fundos Multimercados

Sem novidades relevantes, apenas abri uma nova conta no Bogari Previdenciário para já fazer o porte de benefício fiscal ao longo do ano de 2019. Pretendo não deixar só para o final do ano.

3.6 Alocação da seção de Criptomoedas

Bitcoin saiu do cemitério e parece que está vivo… Veremos até quando dura.

4. Proventos Recebidos

Continuo a 63% de completar a minha meta inicial de IF. O mês de abril foi uma manutenção do valor de março. Na verdade, o aumento foi de 60 reais, ou seja, já dá pra incluir um happy hour extra por mês :).

Estou na faixa entre 60-70% da IF, e gostaria de passar os 70% até o final do ano, mas é uma meta dificílima, pois faltam 8 meses e eu teria que receber dividendos extraordinários.

Para complicar a situação, não tenho mais inquilino no meu imóvel físico, o apartamento está para aluguel novamente :(.
Agora a cada mês terei uma tendência negativa puxando a média pra baixo… um atraso para a IF até encontrar um novo inquilino.

Proventos recebidos para alcançar a Independência Financeira.

Se quiser ver o gráfico de proventos agora, confira a atualização na página: Liberdade Financeira.

5. Fechamento

Podemos considerar que Abril foi um mês excelente para o MDE.

Sabe, o CDI está em 6,4% ao ano, o Ibov andou 1,0% no mês, e o MDE obteve 1,7% no mês? Isso é um resultado extraordinário, puro acaso.

O destaque foram as ações do Banco Inter, BIDI4. Elas por si só, que hoje representam aproximadamente 2,6% do meu PL, foram capazes de contribuir com +0,5% de rentabilidade do PL inteiro, ou seja, dos 1,7% no mês, 0,5% foi só de BID4.

Isso mostra a vantagem de ter 40+ ações em carteira. Não sei qual cavalo vai vencer a corrida, mas colocando um pouquinho em cada um eu terei mais chances!

Maio é conhecido mundialmente por ser um mês de resultados negativos para os ativos de risco no mundo inteiro, e eu espero que seja assim em 2019. Tenho 9,4% em caixa apontados para comprar… será que teremos essa sorte?

O trabalho vai razoavelmente morno, em maio estarei de plantão trabalhando e minha renda será um pouco maior, isso significa mais aporte $$$ no projeto Elsewhere!

Os KPIs estão ficando cada vez mais vermelhos, preciso mudar essa trajetória.

No mais, é isso galera… Vamos manter os passos pra frente estando certos que teremos dificuldades no meio do caminho!

Pode vir o mês de Maio que estamos preparados.

MD Elsewhere in Brazil

 

 

 

 

Next Destination

Anúncios

2 comentários sobre “Resultado MD Elsewhere (Abr/19): +1,7%. Em 2019: +9,0%.

    1. É isso mesmo meu caro 3M, espero que essa plataforma do BPAC11 atraia muitos brasileiros para seus bons produtos!
      Assim mais pessoas terão investimentos melhores.

      Um abraço, e nos vemos em breve em mais um capítulo desta caminhada!

      MDElsewhere

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s