Resultado MD Elsewhere (Mai/19): +1,8%. Em 2019: +10,9%.

Longas caminhadas precisam ter avaliações no meio do percurso, e acompanhar mensalmente os investimentos foi o período que escolhi.

Estendendo um pouco o horizonte, acho que a cada quatro meses ainda é um período bom. Escolha a sua frequência e a mantenha por muito tempo. O importante é fazer com disciplina, manter, e ajustar o método.

1. Introdução. Ano de Investimento #14 / 2019 / Idade 33-34 / Maio

Rentabilidade do portfólio MD Elsewhere: +1,8% no mês e +10,9% em 2019.

2. Notas Pessoais

2.1 KPI – Key Performance Indicators (Indicadores Principais de Desempenho).

Esses são meus índices criados para avaliar minha performance, eles servem de meta e guia.

  • Rentabilidade da carteira no mês e no ano: 1,8% e 10,9%.
  • Crescimento do Patrimônio Líquido no ano: +14,9%.
  • Aporte mensal em relação ao Patrimônio Líquido do ano anterior: 0,8%.
  • Aporte mensal em relação à Renda Líquida do mês: 70% / meta 65%. OK!
    • Essa meta é bem agressiva e difícil, cumpri em maio com a ajuda de renda extra.
  • Proventos mensais recebidos em relação à meta de Independência Financeira: 63%.
  • Manter caixa na carteira entre 7-10%. Realizado: 8,3,%, OK!
    • Usei bem meu caixa em maio, dá muito orgulho em comprar quando todos estão com medo e ver o mercado subir depois tão rápido.
  • Leitura das 3 cartas das Assets SPX, Verde e Adam. Realizado 3, OK!
  • Leitura ou escuta (audiobook) de 12 livros em 2019. Realizado: 3/12.
    • Terminei The Tipping Point de Malcolm Gladwell.
    • Comecei a escutar Principles de Ray Dalio. Estou gostando.
  • Correr 8x no mês, 1 h/semana a partir de março. Realizado: 2x, NÃO!
    • Mais uma vez a corrida foi preterida… Talvez eu precise de algum incentivo pra engatar frequência.

2.2 Movimentação de ativos

Maio foi um mês de bastante volatilidade, e isso é bom para nós! Comprei bastante.
Apenas para registrar, o Ibov caiu para 90 mil pontos, e sua máxima foi há poucos meses em 100 mil pontos.

Comprei (e não tinha antes) FLRY3, TPIS3, CSMG3, OIBR3.
Aumentei posição em PTBL3 e WIZS3.
Reduzi posição em IRBR3 e parte de um FIA. Aproveitei a isenção para venda total menor que 20 mil reais.
Zerei posição em TRPN3.

Agendei a venda de todos os meus FIAs, em julho não terei mais nenhum. Apesar de eu gostar muito deles, como não pagam dividendos, decidi retira-los.

2.3 Utilização de aporte e caixa

Usei bastante meu caixa nas movimentações acima, e hoje ele está em 8,3%. O máximo já foi 9,4%.

Minha ideia é manter o caixa entre 7-10% do portfólio. Esse caixa engloba a reserva de emergência e também dinheiro para alguma oportunidade de compra.

3. Alocação de Recursos do Portfólio MD

Venho mantendo o percentual que desejo de forma consistente.

Ações: 45-55%.
RF: 15-25%.
FIIs e imóveis: 12-18%.
Investimentos no Exterior USD: 5-12%.
Multimercado: 10-20%.

Minha alocação atual é representada pelo imagem abaixo:

3.1 Alocação geral ao longo do tempo

Sem atualização relevante, até parece chato que minha alocação não mude muito. É que essa proporção atual tem se mostrado vencedora, e eu ainda acredito que ela vai continuar sendo por um tempo. Por enquanto, mantenho.

3.2 Alocação da seção de Ações

Se quiser ver a alocação atual (tempo real), vá à página: Portfólio Ações. Clique para expandir a imagem.

Apliquei cores no gráfico de ações. Não é para levar ao pé da letra essa separação, é para ter uma visão geral… Algumas empresas poderiam estar com outras cores sem perder o objetivo do gráfico.

Roxo: commodities.
Laranja escuro: bancos privados.
Laranja médio: bancos públicos.
Laranja claro: seguros e outros financeiros.
Verde: consumo exposto ao setor de saúde.
Marrons tons: consumo cíclico.
Azul escuro: utilidade pública, utilities.
Azul médio: educacionais.
Azul claro: tecnologia.
Verde: agricultura.
Vinho: infraestrutura.
Ciano: construção civil e mercado imobiliário.
Preto: diversificado via FIAs.

Há algum tempo eu já não compro mais ações de bancos ou de serviços financeiros, pois sei que minha carteira está pesada nesses setores.

3.3 Alocação da seção de FIIs

Se quiser ver a alocação atual (tempo real), vá à página: Portfólio FIIs. Clique para expandir a imagem.

Não movimentei a carteira de FIIs no mês.

Hoje eu percebo que os FIIs perderam atratividade para mim. Eles são ótimos para diversificação, mas acho que as ações estão mais atrativas.

3.4 Alocação da seção Global

Sem novidades.

Percebi que o S&P caiu relativamente nos últimos dias. Uma prdem de compra minha está quase sendo executada. Espero trazer novidades no mês que vem. Enquanto isso, coloco a imagem abaixo da minha carteira no exterior atualmente.

3.5 Alocação da seção de Fundos Multimercados

Sem novidade relevante.
Preciso aportar no Bogari Previdenciário para receber o benefício fiscal na Declaração de IR em 2020.

3.6 Alocação da seção de Criptomoedas

Bitcoin está vivo, mas eu não acompanho mais. Tenho minhas frações de criptomoedas, talvez no futura possam valer algo.

4. Proventos Recebidos

Continuo a 63% de completar a minha meta inicial de IF. É o terceiro mês que os proventos se mantem.

No mês passado eu comentei que o inquilino do meu imóvel tinha entregado as chaves, e nesse mês fiquei sem aluguel. Isso pesou no meu gráfico, são menos 650 reais aproximadamente.

A boa notícia é que o apartamento já foi alugado! Vou ter que pagar as taxas da imobiliária, mas a sensação de alívio voltou por ser uma dor de cabeça a menos.

Gostaria de bater a faixa de 70% da meta da IF até o final do ano. É muito difícil mas não impossível. Estou trabalhando com afinco para fazer aportes volumosos e girando minha carteira para produzir mais dividendos. Veremos.

Acompanhem a linha verde do gráfico abaixo, ela mostra o aumento da minha renda passiva ao longo desses últimos 3,5 anos… legal, né?!

Se quiser ver o gráfico de proventos agora, confira a atualização na página: Liberdade Financeira.

5. Fechamento

Maio foi um mês excelente para o portfólio. Todos esses meses tem sido.

O importante mesmo é continuar com disciplina e paciência, sempre economizando, aportando e comprando. Esse meu post muitas vezes acaba sendo simbólico, sem informação relevante, mas talvez o ponto mais importante dele é que me ajuda a manter a consistência do método.

Não é possível ser bom em alguma habilidade sem muita prática. Investir também é assim…

Você já viu algum professor de economia rico? Já viu alguma pessoa com títulos de mestrado e doutorado em finanças investir bem?

Minha resposta é não. Não conheço e nem sei de nenhum ao redor.

E a razão disso é que para investir bem é preciso praticar, praticar e praticar. É o que fazemos aqui :).

O ritmo no meu trabalho diminuiu, isso deve me ajudar a voltar para as atividades físicas.

Em junho eu espero receber uma bolada, possivelmente será o maior aporte do ano… já quero que chegue logo o fim do mês para eu comprar mais ativos. São eles que garantirão minha independência financeira.

Convido a lerem meu último post sobre o rendimento da Renda Fixa atual: Quanto rende um investimento a 100% do CDI após um ano? Ou Juro real: o juro que importa.

Por fim, terminei o post do último resultado com a frase abaixo.

Pode vir o mês de Maio que estamos preparados.

Deu muito certo, mandamos muito bem no mês. Vamos nessa.

Ao sucesso,

MD Elsewhere in Brazil

 

 

 

 

Next Destination

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s