Mudanças de Paradigma by Ray Dalio

Confira o texto de Ray Dalio!
Imagem no texto original disponível clicando acima.

Oi,

O gestor do maior de Hedge Fund do mundo, Ray Dalio, publicou no último 17.07 um texto bastante interessante que chamou minha atenção…

Claro que não foi só a minha, pois quando Ray Dalio fala, todos que o conhecem, param, e escutam.

O texto poderia ser mais um daqueles que somente alertam para grandes crises, pois sempre há vários pregadores do apocalipse dispostos a todo momento ganhar relevância alardeando problemas. Entretanto, como Dalio é o que é, ele faz um alerta expondo uma bela análise econômica das décadas desde 1920.

O texto é super interessante para quem curte história e economia mundial. Está disponível aqui:

https://www.linkedin.com/pulse/paradigm-shifts-ray-dalio/

Eu considero um baita atrevimento meu o fato de comentar um texto da entidade Ray Dalio, mas pretendo apenas citar alguns pontos para introduzir o tema para um próximo post que pretendo fazer: Por que tenho Criptomoedas na minha Carteira de investimento?

Vamos lá ao texto…

Dalio explica que os Bancos Centrais cortaram os juros no mundo inteiro para estimular a economia após a Crise de 2008. Além disso, ainda para ajudar o combalida economia mundial poucos anos depois, injetaram toneladas de dinheiro via Quantitative Easing, QE, uma nova forma de aumentar liquidez no sistema e gerar estímulo para evitar uma recessão.

Até aí não há nada de novo, já sabemos onde estamos no mundo e que os EUA estão no crescimento ininterrupto sem recessão mais longo da história. Europa e Japão estão em um estágio um pouco mais atrasado, mas estão tentando chegar nos EUA.

Também é explicado que os governos mundiais vem há mais de uma década aumentando seu déficits fiscais para: ou estimular a economia local, ou para conseguirem votos e se reelegerem com promessas difíceis de cumprir no futuro. Ou ainda pior… os dois.

Nesse ponto podemos fazer um paralelo com o Brasil, pois todos querem programas como o medcare de qualidade boa e sem custo na velhice. Seria querer uma versão Tupiniquim, um SUS no Brasil que atendesse a todos para tudo, e atendesse muito bem.
Além da saúde “sem custo”, a maioria não entende que não é mais possível se aposentar cedo. Receber Social Security ou INSS de um governo é retirar dos mais jovens e doar para os mais velhos, mas a pirâmide etária não mais permite isso plenamente. No fim das contas, essas promessas são uma falácia populista: o político defende que fará isso para se reeleger, sem responsabilidade de dizer que a conta não fecha lá na frente. Afinal, político promete tudo… Logo, essas promessas que só podem ser cobradas décadas lá na frente são as mais fáceis de prometer, se eleger, reeleger e não cumprir… O povo não cobra as promessas uma década depois.

Esses déficits fiscais para gastos dos governos são financiados por credores como você e eu que temos investimentos em títulos públicos, poupança, FGTS, qualquer valor que seja gerenciado pelo governo.

Nessa continuidade de estímulo à economia, haverá um ponto onde uma combinação desses fatores deve acontecer:

  • Promessas deixarão de serem cumpridas – cidadãos/eleitores que não entendem ficarão furiosos nas ruas.
  • Aumento de taxas e impostos acontecerão – cidadãos/sociedade produtiva será asfixiada e a chance de recessão aumenta.
  • Mais déficit fiscal será feito via empréstimo a juros que já estão zerados – cidadãos/credores serão forçados a juros zero ou negativos até desistirem de emprestar.

Bom, os pontos acima não são excludentes, ou seja, os três poderão/deverão coexistir com maior ou menor intensidade em diferentes partes do mundo.

O terceiro ponto acima parece ser o caminho mais fácil para políticos, equipe monetária e sociedade, pois é uma forma mais disfarçada e aparentemente menos dolorosa. Isso não quer dizer que os dois primeiros pontos não acontecerão, os três provavelmente coexistirão com intensidades diferentes.

Esse déficit fiscal e alavancagem econômica, no fim das contas leva à perda do valor do dinheiro, pois o juros já estão zerados ou negativos. Em outras palavras, não é só o preço dos ativos que está subindo ao redor do mundo há mais de 10 anos… Parte disso é o valor do dinheiro em papel (moedas fiduciárias) que está diminuindo.

Por fim, e aqui finalmente entrarei no ponto do próximo post: quais investimentos podem nos ajudar a navegar e não perder na próxima mudança de paradigma??

Se o dinheiro começa a perder valor por uma falta de credibilidade do sistema econômico, por falta de credibilidade nos Bancos Centrais em manter o poder de compra da moeda, por uma sensação de perda de reservas acumuladas, os investimentos como um todo (o capital) migraria para algo de oferta limitada… Algo que não pode ser controlado por políticos e líderes econômicos.

Quem acredita nessa tese que escrevi aqui, também conclui que os investimentos em Bonds ou Renda Fixa poderão ser bem ruins, pois hoje pagam juros muito baixos e uma mudança de paradigma ou desalavancagem da economia machucaria bastante o preço desses investimentos, perda de capital real.

Por fim, faço uma ressalva que não acredito no apocalipse econômico, pois essas mudanças severas sempre tentam ser amenizadas e passadas de forma aparentemente indolor… mas elas realmente acontecem! E de décadas em décadas, fazem uma verdadeira transferência de riqueza.

Faço um convite a pensarem em quais tipos de investimentos podem proteger nosso patrimônio nessa eventual transformação e Mudança de Paradigma alertada por Ray Dalio… Você tem alguma ideia? Você investe nisso? Quanto?

Escreverei na próxima semana sobre uma das mudanças que estou fazendo no meu Portfólio…

Quem está comigo estará sabendo. Clica aí no botão para Seguir o Elsewhere e coloca seu email para ficar ligado nessas mudanças :).

Um abraço, e vamos juntos nessa jornada!

 

MD Elsewhere in Brazil

 

 

 

Next Destination


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s