Por que eu tenho Bitcoin? 5 motivos para investir um pouquinho na criptomoeda BTC.

Oi pessoal, espero que estejam todos bem.

Ainda lembro dos tempos de 2008 a 2014 quando viajei bastante. Na época, o Real estava valorizado devido ao boom de commodities.

Viajar ao exterior era muito mais fácil com os preços convidativos.

Hoje tenho certeza que, em relação ao mundo, “eu era rico e não sabia”. Os brasileiros eram mais ricos naquela época.

A realidade atual é muito diferente. O Brasil está frágil sem a bonança das commodities e o eterno comportamento perdulário. O Brasil encarou a riqueza passageira como permanente, aumentou  gastos governamentais e não se preparou para tempos difíceis.
Hoje temos déficits primários ano após ano e nossa dívida/PIB vai beirar 90%. O Brasil é um mau pagador e isso desvaloriza sua moeda, o Real.

Introdução feita, quero comentar 5 razões minhas para eu ter um pouquinho de Bitcoin.

1. O Bitcoin é internacional.

Seu valor é definido pela negociação de compra-venda por pessoas no mundo inteiro. São pessoas ao redor do globo definindo o seu valor.
Ao compra-lo, você adiciona um ativo que independe do país em que vive, e depende sim do mundo em que vive.

2. O Bitcoin não é emitido por Bancos Centrais.

A moeda fiduciária pode ser impressa pelos governos quando necessária.
Quando o BC imprime dinheiro para colocar na economia, o dinheiro em circulação perde valor. O montante que você tem guardado passa a poder comprar menos produtos e ativos.
A moeda fiduciária está sujeita à inflação. Para o Bitcoin, considero que não há inflação, porque sua emissão está definida e limitada.
Sempre que um país passar por inflação (ou desvalorização) de sua moeda, o BTC deve atrair compradores e novos adeptos.
Por fim, ter uma quantia de BTC é uma dupla defesa contra a desvalorização do Real primeiramente e das moedas fiduciárias por fim.

3. A Globalização é irreversível, o BTC deve se beneficiar disso.

Apesar de recente retrocesso de globalização, acredito que esse caminho é irreversível.
O avanço tecnológico e a a convivência no planeta Terra cada vez mais apertado para seu número crescente de habitantes, farão com que o processo de integração continue no sentido para a globalização.
O Bitcoin pode ser uma solução de alternativa para reserva de valor, que não será controlada por um Banco Central.

4. Adeptos à tecnologia e Millennials são cada vez mais numerosos.

Na mesma esteira da globalização, a geração atual é muito mais imersa na tecnologia, e as futuras provavelmente serão ainda mais.
As pessoas ficam cada vez mais inclinadas para novidades, desejam inovações e são muito mais propensas a aceitar soluções tecnológicas.
O valor do Bitcoin depende da confiança no próprio sistema. Quanto mais adeptos existirem, maior será seu valor.

5. Incerteza quanto ao futuro e menor correlação com outros ativos.

Ter um pouco de BTC pode complementar muito bem o seu portfólio de investimentos.
O termo “Benefício Marginal” se aplica muito bem aqui. Se você não tem nenhum Bitcoin, ao passar de Zero para 0.5% ou 1%, você aproveita o maior incremento de benefício dos potenciais retorno/risco.
Também vale a pena admitir que não sabemos o futuro, e se o BTC der (mais) certo, os early adopters serão beneficiados.
Existe um conceito que diz que “quanto mais se vive, maior é a sua expectativa de vida”. Quanto mais tempo passa e o Bitcoin não “morre”, quanto mais crises passam e ele continua existindo, mais ele tende a receber confiança e continuar vivo.
Por fim, não é preciso dominar um assunto para investir nele. O importante é entender a relação risco/retorno das coisas em que você investe.

Esses são meus principais motivos.

É muito importante frisar três pontos:

  • Investir em Bitcoin é arriscadíssimo e a perda permanente do capital investido é real, como em qualquer outro investimento arriscado. O grande trunfo é dosar a quantidade. Colocar algo entre 0-3% da sua carteira de investimentos pode servir como referência. Ao investir pouco, se perde pouco caso o cenário negativo aconteça. Esse mesmo pouco pode dar bastante alegria em qualquer outro caso do lado positivo.
  • Eu não estou recomendando investir em Bitcoin ou outras Criptomoedas com esse post. Apenas gostaria de passar minha razão por ter um pouco investido nisso. Eu acho que ele agrega muito bem num portfólio diversificado, como uma nova alternativa, e com valores pequenos do total da carteira de investimentos.
  • O raciocínio foi feito para o Bitcoin, mas há inúmeras outras criptomoedas por aí. Talvez o Bitcoin não seja a que sobreviva no futuro, mas certamente é a que possui maior confiança hoje em dia.

Eu recomendo o texto Mudanças de Paradigma by Ray Dalio para continuar a reflexão sobre o assunto.

Se quiser saber sobre a vantagem da diversificação em investimentos, veja o vídeo Ray Dalio – Holy Grail.

É isso, espero que se cuidem e fiquem bem :).

Fiquem à vontade para comentar abaixo suas ideias e motivos para investir ou não em Bitcoin.

MD Elsewhere in Brazil (Pandemic Times)

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s