Resultado MD Elsewhere (Jan/21): +2,1%. Acumulado em 12/24/36 meses: +4,6/+32,4/+55,4 %.

Olá pessoal,

Resolvi mudar o foco de como mostrar a rentabilidade do portfólio.

No final das contas, quanto mais você alonga seu prazo de investimentos, maior tende a ser seu retorno.

A forma de avaliar o rendimento mensal é importante para a manutenção da disciplina.

Pensar ser capaz ou ter obrigação de fazer uma rentabilidade positiva mensalmente é que não deve ocorrer.

Ao focar em rentabilidade acumulada em 12, 24 e 36 meses, estamos dilatando o horizonte temporal. Minha meta é divulgar a rentabilidade até 60 meses (5 anos) quando eu tiver organizado minha base de dados.

1. Introdução. Ano de Investimento #16 / Idade 35 / Janeiro/2021

O mês de janeiro foi mais um mês bom para a carteira.

Os criptoativos continuaram subindo bastante e foram destaque. O dólar também subiu e impulsionou o portfólio. O Nasdaq e as ações de tecnologia no exterior também subiram e ajudaram.

O destaque negativo ficou com o Ibovespa e Ações Brasil que não contribuíram positivamente.

Resultado mensal do MDE 2020-2021.

Resultado MD Elsewhere (Jan/21): +2,1%. Em 2020: +2,1%.
Acumulado em 12 / 24 / 36 meses: +4,6% / +32,4% / +55,4%.

2. Notas Pessoais

2.1 KPI – Key Performance Indicators (Indicadores de Desempenho) do MD Elsewhere

  • Aporte mensal em relação à Renda Líquida do mês: 65% / meta 60%OK!
    • Com disciplina, todo dia 25 eu envio 60% do salário para a corretora. Neste mês enviei 65%.
    • Aportei R$ 8.000 extras em fundo de previdência privada para obter o benefício fiscal oferecido em PGBL. Esse valor veio do meu 13o salário recebido em dezembro. Eu aconselho a enviar no início do ano e fazer o ajuste fino no no final do ano para chegar em 12% da renda bruta tributável.
  • Leitura/escuta de 1 livro por mês em 2021. Realizado: 1/12. Criarei uma página dedicada aos livros, será chamada de Biblioteca MD Elsewhere. Lá eu colocarei todos os livros que estão na minha biblioteca separados por ano em que li.
  • Realizar 8x atividades de esporte e bem estar, mínimo de 1 h/semana. OK!
    • Corrida: 3x | Pedal: 1x | Natação: 0x | Surfe: 5x.

2.2 Movimentação de ativos

  • Aumentei em 0,5% a posição em Ações BR. O valor veio da redução de Caixa.
  • Realoquei ±0,7% dentro dos investimentos no exterior.

2.3 Utilização de aporte e caixa

Usei um pouco do caixa para aumentar a posição em Ações.

3. Alocação de Recursos do Portfólio MD Elsewhere

As imagens abaixo mostram a composição da carteira no fim deste mês.

3.1 Alocação geral ao longo do tempo

Agora tenho consolidado 6% da carteira de investimentos em criptoativos. Há um ano era só 1%.
As Ações BR continuam acima de 40% e pretendo continuar assim.
O investimento dolarizado no exterior está oscilando em 33% do portfólio.

  • 42% Empresas Brasil.
  • 32% Investimento no Exterior.
    • 18% Empresas Exterior.
    • 8% Commodities: empresas mineradoras de ouro, ouro e prata.
    • 6% Criptomoedas.
  • 13% Setor imobiliário (FIIs + Imóveis).
  • 10% Títulos de crédito (Renda Fixa).
  • 3% Fundos Multimercados.

3.2 Empresas Brasil

Fiz as movimentações:
– Zerei minha posição de 0,5% BRSR6.
– Iniciei posição de 0,9% no IP Participações IPG.
Como as vendas totalizaram menos de 20 mil reais, terei benefício tributário no mês.

3.3 Setor Imobiliário

Não movimentei a carteira de FIIs no mês.

3.4 Investimentos Globais

3.4.1 Empresas

Movimentei ±0,7%: vendi a mineradora de ouro Barrick Gold (NYSE:GLD) e aumentei posição em empresas asiáticas através de Ali Baba (NYSE:BABA) e do ETF de empresas de tecnologia chinesas CQQQ (NASDAQ:CQQQ).
Como a venda totalizou menos de 35 mil reais, terei benefício tributário no mês.

Hoje tenho 4% do portfólio neste vetor. Espero concluir no próximo mês a minha diversificação em Ásia.

3.4.2 Commodities: Ouro e Prata

Tenho diminuído a exposição em metais para comprar ações de empresas asiáticas. Acho que terei por volta de 4-6% nessa classe.

3.4.3 Criptoativos

Mudei de opinião em relação ao mundo Cripto.

Agora eu acredito que devemos classifica-los como criptoativos, pois não são somente um meio de transação.

A evolução de DeFi, finanças descentralizadas, está acontecendo.

Hoje é possível colocar seus Bitcoins, Ether e outros criptoativos como colaterais e receber juros sobre eles. Há um ecossistema sendo desenvolvido e a utilidade dessa classe só aumentará.

Eu emprestei meus criptoativos em Janeiro, queria testar a funcionalidade. Os juros são maravilhosos e chegam até a 6,5% aa.

Entretanto, no final do mês eu reavaliei o risco e desemprestei quase tudo. Deixei apenas minha quantidade de Litecoin rendendo, mas ela é muito pequena: 0,1% do Portfólio. Esses Litecoins estão rendendo a 6,5% aa.

Já defendi que as carteiras deveriam ter entre 1-3% em criptoativos. Acho que esses valores são razoáveis para quem não entende e quer se expor. Depois aumentei o limite para 5%.

Hoje expandi mais esse conceito e acho que posso tolerar até 10% do patrimônio em criptomoedas. É importante ler bastante sobre o assunto para aceitar a volatilidade inerente.

MDE Criptoativos

4. Proventos Recebidos

Meta FIRE

Estou a 56% da minha meta FIRE, a conhecida IF.
O topo da minha renda passiva foi aproximadamente 70% da meta.

Aparentemente o efeito da crise já foi diluído, mas vamos saber melhor durante esse semestre. Existe também o efeito da minha mudança de estratégia privilegiando crescimento em detrimento de valor.

A novidade que salvou o mês foi o empréstimo de criptoativos que fiz. Emprestei tudo: Bitcoin, Ether e Litecoin. Escolhi receber todo o pagamento em Bitcoin. Recebi 0,00433995 BTC! Vejam a barrinha rosa no gráfico acima.

Por enquanto eu acho arriscado e por isso retirei tudo, deixando apenas o Litecoin.

5. Crescimento Patrimonial

A crise ficou para trás. O tempo passa e os juros compostos fazem seu papel. Vejam a evolução da carteira em Reais.

Em contrapartida, o patrimônio em dólar ainda está no drawdown. Nossa moeda Real vale muito pouco hoje. Eu acredito que em 2021 o Real deve se apreciar frente ao dólar, então espero que gráfico abaixo melhore ao longo dos meses.

6. Fechamento

Estou otimista para 2021.

Acho que será um ano bom para os investimentos.

A reabertura da economia deve ser vigorosa.

A meta é seguir com disciplina e “Enjoy the Ride”.

Nos vemos lá na frente.

MD Elsewhere in Brazil

Next Destination?


Opa, você pode deixar um comentário legal aqui, participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s