Resultado MD Elsewhere (Fev/21): +3,0%. Acumulado em 12/24/36 meses: +14,9/+36,5/+56,5%.

Fala galera! Vou começar esse post com os key takeaways, ou seja a mensagem que eu gostaria de passar.

  • Diversifique. É o último almoço grátis.
    Diversifique em classes de ativos diferentes, diversifique em maturidades diferentes de investimentos (vencimentos), diversifique em moedas diferentes, diversifique em países diferentes.
  • Cash is Trash. O dinheiro é lixo.
    Até tenha Renda Fixa, mas muito cuidado ao deixar suas reservas em Renda Fixa! Tenha atenção nas consequências do dinheiro gasto pelos governos com a justificativa de combater a pandemia, o dinheiro está perdendo valor!
  • Considere fortemente inserir Criptomoedas e Criptoativos nos seus investimentos.
    O futuro parece ser Cripto.
    O potencial de perda é limitado, potencial de ganho é incalculável.
    Existem opções muito fáceis via fundos eu indicarei os que gosto no final do post.

Passadas as principais mensagens, vamos ao conteúdo do post.

Gostaria de começar reforçando o conceito de diversificação.

O ato de escolher investimentos tem em essência a decisão sob incerteza.

Existe uma infinidade de possibilidades para futuros possíveis e ninguém sabe ao certo qual das possibilidades acontecerá.

Então sempre que tomamos uma decisão de onde investir, deve se ter uma visão probabilística, e não determinística.

Vou tentar explicar com um exemplo simples.

Suponhamos que você acredita que o Dólar vai subir pra caramba e vai se valorizar mais que todos os outros ativos. OK, independentemente da sua convicção, será que isso é razão para só comprar Dólar em vez de outras coisas também? Claro que não. Apesar de você acreditar que o Dólar vencerá todos os ativos, existe uma probabilidade de isso não acontecer.
Continuando o exemplo, qual a chance de o Dólar acabar se tornando a melhor opção? Se você imagina que existe uns 10% de probabilidade que o Dólar seja um investimento vencedor, talvez você tenha que colocar aproximadamente uns 10% de Dólar na carteira, e não todo seu investimento.

Repito, o ato de investir é decidir sob incerteza e deve ser avaliado de forma probabilística.

Isto posto, está errada aquela pergunta “onde devo investir X dinheiro?”.
Ela deve ser substituída por “quantos % devo investir em tal investimento?”.

1. Introdução. Ano de Investimento #16 / Idade 35 / Fevereiro/2021

Em mais um mês difícil para os investimentos, a carteira do MDE saiu ilesa.

Fevereiro foi um repeteco de Janeiro: os criptoativos continuaram subindo bastante e foram destaque, o Real continuou caindo em relação ao Dólar e a tudo, e o Nasdaq (representado pelas empresas de tecnologia) subiu e ajudou.

O destaque negativo foi novamente o Ibov e Ações Brasil que contribuíram negativamente.

Resultado MDE 2020-2021

Resultado MD Elsewhere (Fev/21): +3,0%. Em 2021: +5,2%.
Acumulado em 12 / 24 / 36 meses: +14,9% / +36,5% / +56,5%.

Percebam que mesmo com a derrocada causada pela Covid-19, o portfólio já supera e acumula +14,9% em 12 meses. Foi difícil, mas já parece passado distante.

2. Notas Pessoais

2.1 KPI – Key Performance Indicators (Indicadores de Desempenho) do MD Elsewhere

  • Aporte mensal em relação à Renda Líquida do mês: 65% / meta 60%OK!
    • Com disciplina, todo dia 25 eu envio pelo menos 60% do salário para a corretora. Neste mês enviei 65%.
  • Leitura/escuta de 1 livro por mês em 2021. Realizado: 2/12. Criarei uma página dedicada aos livros, será chamada de Biblioteca MD Elsewhere. Lá eu colocarei todos os livros que estão na minha biblioteca separados por ano em que li.
  • Realizar 8x atividades de esporte e bem estar, mínimo de 1 h/semana. Não!
    • Corrida: 0x | Pedal: 0x | Natação: 0x | Surfe: 1x.
    • Não tive muito tempo livre para praticar esporte, fiz quarentena para trabalhar.

2.2 Movimentação de ativos

  • Realoquei ±0,7% dentro dos investimentos no exterior.
  • Realoquei ±0,5% dentro dos portfólio Ações BR.
  • Realoquei reduzindo marginalmente ±0,25% o portfólio de FIIs para aumentar Ações BR.
  • Aumentei posição em SUZB3. Agora ela representa 1,5% do portfólio. O dinheiro veio de Caixa, venda do FII e de ações..
  • Iniciai posição em VALE3 com 1,5% do portfólio. O dinheiro veio de Caixa.
  • Iniciei posição em 1,5% no fundo FoF Melhores Fundos Retorno Absoluto. O dinheiro veio do Caixa.

2.3 Utilização de aporte e caixa

Cash is Trash.
“O dinheiro é lixo”.

Ray Dalio

Ter muito dinheiro em Renda Fixa está bem arriscado.
Os temores de inflação continuam e são impulsionados com a política monetária e fiscal dos governos e bancos centrais.

Se você tem muito dinheiro em Renda Fixa, saiba que a possibilidade de perda de capital é real.
Dinheiro e Títulos de Dívida (Renda Fixa) são super arriscados nesse ambiente.

Neste mês eu usei praticamente todo meu Caixa disponível.

3. Alocação de Recursos do Portfólio MD Elsewhere

As imagens abaixo mostram a composição da carteira no fim deste mês.

Portfólio MDE dividido em classes de ativos
Portfólio MDE dividido por ativo

Eu alterei a ordem das classes de ativos nos meus gráficos. Agora poderei sintetizar todas as ações BR e Exterior num único gráfico. Também poderei sintetizar os FIIs com o Imóvel.

Carteira de Ações MDE combinadas Brasil (70%) + Exterior (30%)

3.1 Alocação geral ao longo do tempo

A valorização dos Criptoativos continua a todo vapor. Já são 8% do patrimônio no que alguns julgam ser uma nova classe de ativos.
As Ações BR continuam acima de 40% e pretendo continuar assim.
O investimento independente do Brasil (Exterior) ronda a marca de 1/3 do patrimônio.
Reduzi toda minha renda fixa líquida, distribuindo o valor em Ações BR e no novo FIM que aportei.

  • 43% Empresas Brasil.
  • 33% Investimento no Exterior.
    • 19% Empresas Exterior.
    • 6% Commodities: empresas mineradoras de ouro, ouro e prata.
    • 8% Criptomoedas.
  • 12% Setor imobiliário (FIIs + Imóveis).
  • 7% Títulos de crédito (Renda Fixa).
  • 4% Fundos Multimercados.

3.2 Empresas Brasil

Fiz as movimentações:
– Zerei minha posição de quase nada em CMIG4.
– Reduzi aprox 0,5% da posição em RLOG3, agora ela representa 2%.
– Iniciei posição de 1,5% em VALE3, “o retorno” após 5 anos.
– Aumentei SUZB3 de 0,75% para 1,5%.
Vendi menos de 20 mil reais, pode colocar mais isenção de IR na minha conta.

3.3 Setor Imobiliário

Reduzi marginalmente minha posição de GGRC11 após finalmente converterem as cotas da última subscrição.

3.4 Investimentos Globais

3.4.1 Empresas

Como eu estava no prejuízo com as mineradoras de ouro, aproveitei para vender todas as três que ainda tinha KL, AEM e NEM para aumentar a posição no ETF de mineradoras GDX.
No exterior eu vendo sempre menos de 35 mil reais para aproveitar a isenção tributária. Como eu tinha prejuízo nessas ações, aproveitei para zerar todas as posições.

Com parte dessa venda, eu praticamente concluí a montagem da minha posição em empresas asiáticas. Hoje tenho 4,4% no continente gigante e pretendo manter uma posição de 5% na região.

Por último, iniciei posição de 0,5% no ETF ARKG, que tem empresas que buscam desenvolver produtos e conhecimento vindo do Genoma.

3.4.2 Commodities: Ouro e Prata

Diminui um pouco mais a posição em metais, acho que é o 4o mês seguido.

3.4.3 Criptoativos

Criptomoedas

Escrevi no post passado que havia mudado minha posição sobre os criptoativos. Hoje é a classe que mais vejo potencial para as carteiras.

Esse investimento me parece muito assimétrico. Ele tem perda limitada e potencial incalculável. Não fique fora disso.

Toma algum tempo para abraçarmos uma inovação, mas quando ela chega de verdade, não podemos ser os últimos a enteder. Pode sair muito caro.

Eu acredito que vale a pena demais ter Criptomoedas nesse momento. A cada dia que passa, são mais pessoas e empresas reconhecendo a utilidade e entrando neste mercado.

Não deixe as desculpas (chamadas de dificuldades) confortarem vocês. Existem vários fundos disponíveis no mercado, nas plataformas da XP, Vitreo e Inter por exemplo.

O Vitreo Criptomoedas é um que gosto, está disponível na Vitreo e no Inter.

Para nós, brasileiros, existe um apelo ainda maior para ter moedas digitais. O Real é uma moeda ruim, ele perde valor no tempo. Nossos governos são irresponsáveis e tomam atitudes que só desvalorizam nossa moeda. Bitcoin e Ether são uma alternativa para escapar disso, são internacionais e não dependem de governo.

MDE Portfólio em Criptoativos

4. Proventos Recebidos

Estou a 58% da minha meta FIRE, a conhecida IF.
O topo da minha renda passiva foi aproximadamente 70% da meta.

Creio que vou retomar a tendência de alta a partir de abril de 2021. As séries impactadas pelo Coronavirus vão sair da média móvel e a curva deve voltar a subir… Agora vai!

Estou estudando para colocar meus criptoativos em DeFi, estou confiante que vou retomar a subida para a IF.

5. Crescimento Patrimonial

A crise ficou para trás mesmo. O patrimonio já está de volta no ATH (All Time High), ou Topo Histórico em Reais.

Em contrapartida, o patrimônio em dólar continua no drawdown. O Bitcoin tem que subir bastante pra me ajudar a sair da lama em que o Real nos colocou!

6. Fechamento

É isso.

Releiam a introdução, escrevi lá as principais mensagens. É hora de agir.

Enjoy the Ride.

Turtle Surfer

Nos vemos na próxima onda.

MD Elsewhere in Brazil

Next!?


Opa, você pode deixar um comentário legal aqui, participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s